Hi-Q LED Tecnologia Novos Produtos de Entrada Xerox



A tecnologia a LED usa o mesmo método eletrostático das impressoras a laser para aplicar toner num papel. A diferença é que, em vez do sistema de varredura, da complexa montagem de lentes, e dos espelhos rotativos utilizados por uma laser, a impressora a LED trabalha com uma matriz de diodos luminosos, implicando em um número menor de partes móveis dentro da impressora. Quando são acionados e começam a emitir, esses diodos criam uma imagem latente em um tambor cilíndrico fotorreceptor por meio de um padrão de pontos, graças a um padrão de pontos de luz.

A imagem é transferida via toner para uma correia intermediária ou diretamente para o papel, de modo a produzir a página impressa. O método LED é mecanicamente mais simples e menos oneroso de produzir, além de exigir uma parafernália eletro-óptico-mecânica menos volumosa do que uma laser.

O sistema das impressoras a laser convencionais é muito mais intrincado e cheio de peças móveis, o que aumenta o tamanho da impressora e eleva seu preço.

A nova técnica de impressão a LED obtém resultados com precisão de 2.400 dpi graças ao método chamado IReCT (Image Registration Control Technology), que orienta e apura o posicionamento dos componentes ciano, magenta, amarelo e preto da imagem — daí quatro cabeças de impressão. Com a IreCT, registros errôneos de cor são lidos por sensores ópticos e processados em alta velocidade, corrigindo os dados da imagem para cada cor.

O toner usando na impressão a LED também tem seus segredinhos. A fusão do toner numa impressora é responsável por entre 50% e 80% da eletricidade total consumida pelo aparelho, já que fundir instantaneamente uma substância com alta temperatura é algo que gasta um bocado de energia. A saída foi desenvolver um toner especial — o EA-Eco toner — que se funde a uma temperatura 20°C menor que a comum. O pulo do gato desse toner é a sua curva de viscosidade em função da temperatura, aliada ao uso de esferas de poliéster de dois tipos na emulsão: esferas de fusão rápida e de fusão lenta. Junte-se a isso o fato do toner ser completamente não oleoso, contendo uma cera especial que dá um tom “glossy” à impressão. Essa nova abordagem reduz em até 30% o uso de toner, cortando também a emissão de gás carbônico em até 35%.


Post time: Nov-18-2018
INQUIRY NOW
  • * CAPTCHA: Please select the Heart